As mudanças experimentadas por quem vive em condomínios, principalmente em virtude das novidades que surgiram ao longo dos últimos anos em favor de mais facilidade, segurança, entre outras questões, têm impacto direto no dia a dia dos moradores e também na atuação do zelador, profissional que é peça-chave na rotina dos edifícios, independentemente do tamanho ou perfil.

Quando se fala em mudanças é importante dizer que o repertório é vasto: vão desde as de ordem comportamental, que ganharam mais força em virtude das transformações que chegaram junto com a pandemia provocada pelo novo coronavírus, até as de origem tecnológica, que cada vez mais impõem um novo universo para todos e, consequentemente, um novo jeito de agir.

Diante desse novo cenário, o zelador vem tendo a árdua missão de se adaptar e construir um novo papel, mas sem desviar o foco da tarefa de continuar sendo, ao mesmo tempo, o braço direito do síndico e, principalmente, o sólido apoio dos moradores.

Ao celebrar em 11 de fevereiro o Dia do Zelador – sim, a atuação dos zeladores de todo o Brasil é comemorada oficialmente hoje! – é importante enfatizar os desafios a que são submetidos esses profissionais em meio a tantas novidades.

Profissionalização nos novos tempos

Características e qualidades impressas pelos zeladores de antigamente, como saber os nomes dos moradores e ser conhecido como o faz-tudo do condomínio, andam hoje lado a lado com tantas outras essenciais, que estão sendo cada vez mais exigidas. Entre elas, capacidade de liderança e de tomadas de decisões urgentes, além de um olhar apurado para as questões relacionadas à segurança nos condomínios.

Em virtude dessa atuação cada vez mais abrangente, o zelador transita hoje por um mercado mais exigente, que requer profissionais ainda mais qualificados. Por isso, profissionalização é a palavra de ordem do setor, responsável pela crescente necessidade de um perfil de profissional que tenha visão geral e atitude, assim como faz um bom gestor dentro de toda e qualquer empresa.

Diante desse contexto, buscar capacitação é uma questão estratégica para que todo zelador possa conquistar novas oportunidades. Sendo assim, é condição básica estar constantemente atualizado, tendo foco na gestão das ferramentas que estão ganhando cada vez mais espaços nos condomínios em virtude da prestação de serviços de terceiros.

Hoje em dia é primordial, por exemplo, que o zelador esteja em sintonia com os benefícios trazidos pela tecnologia para resolver certas tarefas. Já é bastante comum encontrar profissionais familiarizados com aplicativos que os colocam em contato com as empresas, facilitando a comunicação e agilizando os processos – o universo da manutenção de elevadores é um bom exemplo dessa prática.

Muitos zeladores de condomínios também já são velhos conhecidos das empresas que realizam o controle e monitoramento da portaria remota. Afinal, são eles que estão, cada vez mais, por dentro dos processos que envolvem essa tecnologia.

Cenário desafiador

Em tempos de pandemia, quando várias mudanças foram impostas para a segurança dos moradores de condomínios, a performance do zelador vem sendo colocada à prova diante da necessidade de organizar e até mesmo de contribuir para o planejamento, a criação e o controle de processos que foram introduzidos nas rotinas dos edifícios.

Em meio a uma situação nunca antes vivida pelas pessoas, que exigiu mudanças no comportamento de todos, uma característica se fez notar como imprescindível: a eficiência da boa comunicação, afinal o zelador é a principal ponte que facilita o contato com todos os públicos – síndico, moradores, demais funcionários do condomínio e terceiros.

Estar atento às medidas de segurança sanitárias, assim como às determinações dos governos locais, passou a ser mais uma atividade no rol de procedimentos diários do zelador, pois ao transitar pelo condomínio é possível orientar aqueles que descumprem as regras ou mesmo tirar as dúvidas que pairam nesse momento de incertezas.

Futuro promissor

Como se vê, o zelador tem hoje um novo universo, com mais demandas e responsabilidades.  Para o mercado, todas essas mudanças levam o zelador a um novo patamar e devem ser vistas como uma especial oportunidade de crescimento para esses profissionais que, assim, ganham ainda mais importância.

Mas é bom lembrar que o futuro é promissor e as transformações do dia a dia desse profissional estão em pleno movimento. Só cabe a cada um se adaptar às necessidades do mercado para construir esse novo perfil de atuação, mas sem esquecer de uma coisa muito importante: o zelador é, e sempre será para os condôminos, aquela pessoa confiável, que busca as respostas para cada chamado, transmitindo a segurança e a simpatia que nunca saem de moda, mesmo com tantas novidades a caminho. Nossa homenagem ao zelador, profissional que faz parte do dia a dia da manutenção de elevadores.

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>