Com mais de 500 anos de história, a Universidade de Sevilha é a segunda maior universidade pública da Espanha. Atualmente são 70 mil alunos distribuídos entre os mais de 26 centros acadêmicos e 133 departamentos, distribuídos em uma área de 80 mil metros quadrados.

Números grandiosos que contribuem para a universidade ocupar posição de destaque entre os diferentes rankings internacionais, que avaliam universidades de todo o mundo.

O bom desempenho está atrelado ao fato da Universidade sempre buscar se renovar sem deixar de lado a tradição. Para tanto, conta com um plano estratégico para se tornar mais aberta, flexível, inovadora e integrada.

Tradição e inovação

Conhecido como Antiga Fábrica de Tabaco, o edifício sede, construído no século 18 e onde se produzia fumo, é uma referência de como a Universidade de Sevilha alia tradição com inovação.

Um exemplo é o uso de soluções que proporcionam o deslocamento para os alunos nos campi, bem como no prédio principal da universidade. Ao todo, são 213 equipamentos, entre eles 161 elevadores de passageiros, além de 22 equipamentos menores para o transporte de carga.

A eficiência para garantir o vai e vem de quem circula pela universidade está na tecnologia digital da manutenção preditiva dos elevadores. Por meio de um monitoramento constante de todos os equipamentos é possível prever falhas, antes que elas sejam detectadas, sem interromper o serviço.

Uma tecnologia baseada em Internet das Coisas (IoT), inteligência artificial (IA) e big data com a coleta e a análise de dados em tempo real. Inovação que permite a redução do tempo de inatividade em até 50% e uma prestação de serviço de excelência.

Em Madri, o acesso ao metrô utiliza a mesma tecnologia presente na Universidade de Sevilha para garantir a disponibilidade de 156 elevadores. O mesmo conceito está presente em prédios importantes, como o da sede do BBVA, segundo maior banco da Espanha. Para facilitar o deslocamento dos funcionários e conectar as pessoas, 60 elevadores estão conectados ao sistema digital de manutenção preditiva.    

Na Unidersidade de Sevilha, os responsáveis pelos elevadores da universidade contam ainda com um novo portal acessível de qualquer dispositivo. Dessa forma, os equipamentos podem ter seus estados verificados e avaliados em tempo real, de qualquer lugar.

Cidades inteligentes

Os recursos que garantem a melhor mobilidade na Universidade de Sevilha estão em consonância com a intensa mudança observada na vida urbana espanhola.

Nas últimas duas décadas, o país passou por uma verdadeira revolução tecnológica, impulsionada pela cooperação entre a administração pública, as instituições sociais e empresas – um alicerce do conceito de cidade inteligente.

O país também é o berço de muitos centros de pesquisa e desenvolvimento que criam tecnologias digitais exportadas para todo o mundo. A Rede Espanhola de Cidades Inteligentes foi fundada para oferecer suporte a um modelo de cidade sustentável e melhorar a qualidade de vida dos habitantes.

A transformação digital em Madri impulsionou várias empresas a instalarem na cidade centros de tecnologia avançada. Um exemplo é o primeiro centro de distribuição inteligente de peças de reposição para manutenção e reparos de elevadores. O conceito de cidades inteligentes abriu um leque de oportunidades para a aplicação de diferentes soluções tecnológicas para melhorar a mobilidade urbana. Nós temos a solução que você precisa para gerenciar melhor os elevadores do seu edifício.

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>