© Novarc Images / Alamy

A thyssenkrupp abordou o impacto real da Internet das Coisas (IoT) sobre o modelo de mobilidade das cidades e os desafios enfrentados por esta tecnologia durante a Smart City Expo, em Barcelona, Espanha.

Referência mundial como fórum de debate sobre smart cities, o evento reuniu representantes de várias empresas para discutir o elo entre a realidade urbana e a revolução tecnológica, durante o Smart City Expo World Congress 16.

Durante a conferência “Desbloquear o Potencial da Internet de Pessoas, Coisas e Serviços”, a thyssenkrupp afirmou que tanto a digitalização quanto a IoT representam o futuro da mobilidade urbana.

Diretora de Projetos da thyssenkrupp, Isabel González, destacou o papel dos dispositivos conectados no compartilhamento de informações. “Em 2020, 50 mil milhões de unidades serão conectados a 7,6 bilhões de pessoas, o que equivale a 6,58 unidades por pessoa Esta tendência significa que bilhões de pessoas, dispositivos e serviços podem trocar informações sobre si e seu meio ambiente.”

A empresa também reiterou seu compromisso com as cidades inteligentes, por meio de suas novas soluções que visam tornar as cidades os melhores lugares para se viver. “Produtos como a aceleração da solução de transporte ACCEL, o sistema de elevadores sem cabos MULTI, ou a nossa solução de manutenção preditiva baseada em Microsoft Azure IoT MAX, juntamente com a experiência de realidade mista da Microsoft HoloLens, contribuem grandemente para o design das smart cities, que apresentam novas demandas e desafios que o setor deve enfrentar”, destacou Isabel González.

Os lançamentos do HoloLens e do MAX são oportunos, uma vez que as receitas globais provenientes de serviços relacionados com elevadores deverão aumentar 4,9 % ao ano até 2019, para cerca de 50 mil milhões de euros.

A conferência também abordou os novos desafios enfrentados com a aplicação da tecnologia IoT, tais como segurança, confiança e privacidade, que têm um impacto muito real em modelos de cidade.

Imagem3 Imagem5 Imagem4

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>