Já se tornou rotina limpar tudo o que pegamos e tocamos para evitar a contaminação do novo coronavírus. A mudança de rotina ganha atenção especial para quem vive em condomínios e precisa pegar o elevador para ir ao supermercado, por exemplo.

Isso porque, o contato com superfícies contaminadas, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) é um risco de transmissão do vírus que causa a Covid-19.

Quando uma pessoa espira ou tosse ela libera gotículas que ficam depositadas nos botões dos elevadores, por exemplo. Se ela estiver com o coronavírus, outra pessoa que tocar o mesmo local e levar as mãos à boca, nariz ou olhos pode ser contaminada também.

O caminho da transmissão pode ser evitado com o uso de álcool gel e outras medidas que devem fazer parte da rotina dos condomínios, como já publicamos aqui.

Mas, o que muita gente não sabe é que já existem soluções tecnológicas para acionar o elevador sem tocar nos botões, uma maneira ainda mais eficaz e segura no combate à propagação da covid-19.

Soluções touchless

Quando você chega ao condomínio, ao invés de apertar o botão de chamada do elevador, basta se aproximar da botoeira sem toque. A uma distância inferior a 10 centímetros, ela identifica a presença e registra a chamada, por meio de um sensor, semelhante ao que é utilizado para a abertura de portas automáticas em ambientes como os hospitais.

Já dentro do elevador, o sistema touchless funciona a partir de um aplicativo da thyssenkrupp Elevadores que o passageiro pode baixar no smartphone. Ao se conectar ao elevador, o app entende a quantidade de andares disponíveis e projeta a botoeira da cabina na tela do celular de cada passageiro, que digita o andar de destino.

A versão touchless Pass também pode funcionar como controle de acesso a determinados andares, a partir de um pré-cadastro gerido pela administração do empreendimento. Neste caso, dentro da cabina, o usuário pode aproximar um cartão RFID, tag ou liberar o acesso conectado ao aplicativo exclusivo, que automaticamente o sistema reconhece o cadastro e libera a chamada para o andar. A conexão é feita via bluetooth.

São tecnologias simples e de fácil interação com os usuários e que podem ser instaladas em vários modelos de elevador já em operação. Mesmo porque, a relação elevador-usuário vai continuar, mas de outra forma. E a tecnologia é uma aliada que nos proporciona meios para garantir uma mobilidade mais segura.

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>