Como qualquer equipamento, os elevadores também sofrem depreciação, desgaste de peças e desatualização com o passar do tempo, mesmo com uma manutenção periódica, como prevê a legislação. Isso porque, com o passar do tempo e o avanço da tecnologia, os elevadores vão ficando obsoletos, como também esteticamente ultrapassados.

Quando isso acontece, o mais indicado é modernizá-lo, ou seja, substituir componentes antigos do elevador, desde os componentes mais complexos, como máquina de tração e quadro de comando, até os relacionados à estética do elevador como a substituição da cabina e o tipo de iluminação podem ser modernizados.

Os benefícios da reforma de elevadores para os condomínios são diversos, desde a obtenção de um melhor desempenho do equipamento, garantia de segurança ao usuário, mais conforto e até economia de energia, e por consequência, menos gastos com os procedimentos de manutenção.

Evolução tecnológica

Os elevadores evoluíram muito, principalmente da década de 90 pra cá, quando as empresas começaram a fabricar equipamentos eletrônicos microprocessados e com inversores de frequência, além de máquinas sem engrenagens de alta performance. Além de conforto nas viagens, os equipamentos ganharam precisão no nivelamento, deslocamentos mais suaves e, principalmente, mais segurança.

A tecnologia de materiais também permitiu mais segurança com operadores de portas controlados e sistemas eletromecânicos, além de valorizar a estética do condomínio com cabinas modernas, com novos revestimentos e modelos diferentes de painel de comando, botoeiras e indicadores de posição.
Por isso, com a adequação às novas tecnologias, design e segurança, a modernização eleva o patamar do elevador aos modelos mais atuais do mercado.

A revitalização do elevador é um tema importante na pauta dos condomínios. Acesse a página de Modernização e confira mais informações sobre a renovação dos equipamentos.

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>