Vamos supor que você está saindo de casa para ir trabalhar e o elevador do condomínio onde você mora para de repente. Você está sozinho e nunca esteve numa situação como essa antes. Qual é a melhor atitude a tomar? Você saberia responder?

Se você não sabe, não tem problema. A maioria das pessoas não tem obrigação de saber. Por isso, separamos algumas orientações importantes que podem ajudar caso você se depare com essa realidade algum dia.

Antes é bom reforçar que existe uma Norma Técnica da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, a NBR 16803/2012 que estabelece que o resgate de pessoas presas no elevador só pode ser feito por técnicos habilitados ou pelo Corpo de Bombeiros.

Ou seja, zeladores, porteiros ou outras pessoas que trabalham no condomínio não estão autorizadas a mexer no elevador, muito menos quando há passageiros retidos. Isso é importante saber, pois se houver algum procedimento errado, o síndico poderá ser responsabilizado criminalmente, pois é ele que responde legalmente pelo condomínio.

Portanto, fique esperto e não aceite a ajuda de estranhos e nem tente sair sozinho forçando a porta, por exemplo. Como o elevador continua ligado na energia, caso ele volte a funcionar, como no caso de falta de energia, a pessoa corre risco de acidente grave.

Portanto, preste atenção nas orientações que separamos para você saber como agir com segurança!

Dicas de segurança ao ficar preso no elevador:

  •  O passageiro deve pedir ajuda acionado o botão de alarme ou o interfone;

passageiro

  • Somente o técnico de manutenção deve resgatar as pessoas do elevador;

Tecnico copy

  • O zelador deve contatar o passageiro e tranquilizá-lo, enquanto o técnico da thyssenkrupp está a caminho;

Zelador

  • O condomínio deve orientar os moradores sobre os riscos ao tente sair sozinho do elevador ou ao aceitar a ajuda de pessoas não capacitadas;
    Condominio
  • Em situações graves, como incêndio, o condomínio deve acionar o Corpo de Bombeiros Bombeiro1

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>