Quando alguém quer mudar a decoração da casa com uma pintura nova está buscando melhorar aquilo que esteticamente não está agradando mais. Agora quando o carro quebra toda hora, a televisão já não está com a imagem boa e o celular já não tem memória suficiente, mudar quer dizer melhorar tecnologicamente, buscar algo mais moderno e mais eficiente.

O mesmo conceito pode ser aplicado aos elevadores, principal meio de transporte de milhares de pessoas. De acordo com as necessidades de cada condomínio, residencial ou comercial, é possível fazer uma reforma na parte estética do elevador, como também na parte tecnológica.

É o que chamamos de modernização de elevadores, termo usado para definir todas as soluções que existem no mercado para o elevador ficar mais bonito e com um desempenho mais eficiente.

Quando é a hora certa?  

O elevador é como o cartão de visitas do condomínio e requer uma manutenção preventiva mensal para poder transportar os moradores e os visitantes de um edifício com segurança e conforto. Já falamos sobre a importância da manutenção dos elevadores aqui no blog.

Mas, com o passar dos anos é normal o desgaste de alguns componentes, mesmo com uma manutenção periódica. Além disso, os equipamentos antigos, vão ficando defasados, como também esteticamente ultrapassados.

Em média, os elevadores com mais de 20 anos de fabricação, já podem ser modernizados, para acompanhar o avanço da tecnologia aplicada aos novos modelos.

Para uma escolha mais adequada, o melhor é fazer uma avaliação no elevador para saber quais componentes precisam ser trocados e quais podem esperar sem comprometer a qualidade do seu funcionamento.

O condomínio também pode escolher entre uma modernização parcial ou customizada e uma modernização total, levando em conta o valor do investimento.

Melhor desempenho: quadro de comando

Para que o desempenho do elevador melhore com ganhos em qualidade, segurança e economia de gastos, alguns componentes lideram a lista dos que devem ser modernizados.

O quadro de comando é um deles, pois reúne tanto a parte tecnológica, como a de controle do elevador. Os modelos novos possuem comandos similares a um computador, com recursos para programar o elevador e, consequentemente, melhorar o seu desempenho.

Principalmente para prédios comerciais existem soluções para uma melhor gestão dos elevadores. São tecnologias que gerenciam o tráfego dos elevadores, direcionando os passageiros para o elevador que poderá atender o chamado no menor tempo possível.

Além disso, é possível gerenciar o funcionamento dos elevadores por meio de softwares para uma operação ainda mais inteligente. Por exemplo, programar o uso dos elevadores para atender áreas específicas em horários de alto tráfego.

Embelezamento da cabina

Com o passar do tempo, a decoração do elevador fica envelhecida e modernizar a cabina é fundamental para valorizar o empreendimento. A tendência é seguir o projeto das áreas comuns e do hall de entrada dos edifícios. Por isso, são várias soluções disponíveis.

Para o revestimento, as opções vão do aço inoxidável, material mais tradicional, até os materiais mais sofisticados como o vidro, mármores e até granitos.  E para acompanhar, existe uma variada oferta de modelos de cabinas com design inovador e complementos como botoeiras, painéis, iluminação a LED, espelhos e muito mais para deixar a decoração do elevador como o cliente desejar.

Além de bonita, a cabina do elevador também precisa ser acessível para atender às necessidades de todas as pessoas. Entre os itens que podem ser contemplados na modernização estão a instalação de corrimãos, sistema Braile, sinalização sonora e piso antiderrapante, e todos podem ser contemplados na modernização do elevador.

Os benefícios para os condomínios com a modernização dos elevadores são diversos, desde a obtenção de um melhor desempenho do equipamento, garantia de segurança ao usuário, mais conforto e economia de energia, entre outros.

Se o seu condomínio precisa de uma reforma nos elevadores, conheça nossa área de Modernização clicando aqui.

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>