Você sabia que cerca de 1 bilhão de pessoas usam o elevador todos os dias para realizar várias atividades durante o dia? Só na cidade de São Paulo, uma das mais populosas do mundo, os elevadores transportam mais de 25 milhões de passageiros diariamente. O número é o dobro da população da cidade.

O sobe e desce frenético e constante é um hábito tão comum, que só nos damos conta do quanto ele faz falta, quando fica parado. Quando isso acontece, todo mundo reclama e sempre acaba sobrando para o porteiro ou o zelador.

Mas, para evitar que isso ocorra, o elevador precisa passar por um checkup de tempos em tempos ou quando apresenta alguma uma falha. É como acontece com o carro na hora de ir para a revisão e ajustar aquele barulhinho depois de quilômetros rodados.

No caso do elevador, depois de várias viagens, é comum o desgaste das peças, por exemplo, como acontece com qualquer máquina. Por isso, a obrigatoriedade da manutenção para evitar transtornos, bem como preservar a segurança das pessoas.

Quem cuida do seu elevador

A prestação desse serviço é regulamentada por uma lei municipal, ou seja, cabe aos municípios fiscalizar essa área e garantir que os condomínios cumpram o que está previsto. Na maioria das cidades, a legislação exige uma manutenção preventiva mensal.

A escolha da empresa de manutenção é de responsabilidade do síndico ou da administradora. Trata-se de um importante investimento, pois é um dos serviços essenciais de um condomínio e que está diretamente relacionado com a segurança das vidas transportadas.

Para saber como contratar uma empresa de manutenção é necessário checar várias exigências legais, como já abordamos anteriormente aqui no blog.

Entre eles, a emissão do Relatório de Inspeção Anual (RIA) para atestar a qualidade de funcionamento do elevador e a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) que determina a responsabilidade profissional por eventuais defeitos ou erros técnicos.

Depois dessa etapa concluída e o contrato assinado, o técnico de manutenção é o profissional que vai responder pela realização do serviço. É um trabalho que quase ninguém vê, pois é feito em horários em que os elevadores não são muito utilizados para não atrapalhar a rotina do condomínio.

Como o elevador é um equipamento complexo, o técnico segue um check list de ações quando visita o cliente. Em um ano, todos os componentes do elevador passam por uma manutenção preventiva, para garantir o funcionamento de acordo com as normas vigentes.

Manutenção preditiva

Além da manutenção preventiva que é realizada mensalmente, o condomínio também pode acionar a empresa quando ocorre uma falha pontual no elevador. É a chamada manutenção corretiva e que exige uma ação rápida e eficiente das equipes técnicas para o elevador voltar a funcionar no menor tempo possível.

Com o avanço tecnológico, essa situação pode ser amenizada. Hoje, a manutenção já pode ser preditiva, ou seja, com antecedência é possível prever a falha em um componente do elevador e, o melhor, solucionar o problema antes que o defeito seja percebido.

Isso é possível a partir de soluções de Internet das Coisas (IoT) e Inteligência Artificial (IA), aplicadas à área de elevadores. A conexão de dados amplamente utilizada em diferentes segmentos traz benefícios para o dia a dia das pessoas. Para o condomínio, na prática, o elevador vai ficar menos tempo parado, devido a uma falha e, com certeza, aumentar a satisfação de quem precisa do equipamento.

Gestão de manutenção

A gestão do serviço de manutenção de elevadores também evoluiu para atender às necessidades dos clientes. Hoje, os contratos podem ser personalizados, a partir das características dos condomínios, desde um modelo standard até a categoria premium.

A tecnologia é uma aliada para melhorar as operações de manutenção de elevadores e com vantagens competitivas de mercado. A partir de soluções de TI é possível monitorar, analisar e planejar a gestão, interligando diferentes áreas envolvidas no processo.

Os técnicos de campo já trabalham com smartphones por onde têm acesso às informações para cadastrar um chamado recebido, solicitar o orçamento de uma peça e fechar um pedido, tudo na palma da mão, por meio de um aplicativo.

A digitalização também facilita a vida de quem contrata o serviço, seja por meio de um app ou canais digitais para emitir, por exemplo, a 2ª via do boleto e da nota fiscal, entre outros serviços.

Para você que tem um elevador de nossa marca ou de outro fabricante, conheça alguns benefícios que oferecemos na área de assistência técnica.

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>