O elevador é peça-chave para manter a mobilidade das pessoas nas cidades. Por isso, uma manutenção periódica é imprescindível para a segurança e o conforto de seus habitantes.

Já falamos sobre o papel do síndico na hora de escolher a empresa de manutenção, como também sobre a legislação que norteia o assunto.

Outro aspecto fundamental neste processo é o investimento no serviço de manutenção de elevadores. Por ser uma despesa fixa mensal e com impacto direto no bem-estar dos moradores, a decisão deve levar em consideração não só o custo, mas os benefícios oferecidos.

Na hora de fazer uma escolha, uma boa opção é ajustar o contrato à realidade do condomínio, procurando uma solução que atenda às suas necessidades. Ou seja, escolher um plano que caiba no seu bolso, como já fazemos com outros serviços, como de telefonia, internet, entre outros.           

Contratos sob medida

A ideia de ter contratos personalizados para a manutenção de elevadores leva em consideração as características do empreendimento (residencial ou comercial), bem como o tipo de operação por demanda de tráfego de passageiros.

Via de regra, o elevador com uma operação mais frequente terá um desgaste maior em comparação com um equipamento que permanece uma boa parte do tempo parado.       

Por isso, a partir das suas necessidades, o condomínio terá uma oferta de serviços que podemos denominar de standard e outros que podem fazer parte de um pacote de soluções sob medida.

Independente do plano, as manutenções preventivas programadas e periódicas, bem como as manutenções corretivas 24 horas por dia para solucionar falhas ocasionais e reparos são prioritárias para manter o funcionamento do elevador.

Já a cobertura de peças é um item que pode ser ajustado para cada condomínio, dependendo do tipo de contrato. Desta forma, é possível optar por um pacote com cobertura de troca de peças, ou investir na aquisição de peças, de acordo coma necessidade de troca.

Sobre esse item, vale uma ressalva importante: peças originais de fábrica são a garantia do bom funcionamento do elevador e, principalmente, da segurança do usuário. Por isso, o síndico deve prestar atenção e exigir da prestadora de serviços somente peças originais, bem como estoque para um atendimento rápido. 

Além desse aspecto, outros fatores devem fazer parte de uma análise criteriosa na hora de escolher um contrato de manutenção.

Equipes treinadas

A escolha de um plano de manutenção deve prever, por exemplo, um atendimento especializado a partir de técnicos treinados, uma vez que se trata de uma mão de obra diferenciada.

Portanto, é importante valorizar as empresas que investem em treinamentos e segurança, buscando padronizar conceitos e procedimentos, como uso de EPI’s – equipamentos de proteção individual e, acima de tudo, conhecimento em equipamentos com as mais diferenciadas tecnologias hoje aplicadas em elevadores, independente da marca do fabricante.   

Ferramentas digitais

Uma equipe técnica especializada é cada vez mais importante diante da evolução dos equipamentos. A tecnologia é uma aliada para melhorar as operações e um bom contrato de manutenção deve prever esses benefícios aos clientes.    

A digitalização de vários processos para a gestão do serviço de manutenção é uma realidade que ganhou impulso em tempos de pandemia. A partir de soluções de TI, hoje já é possível analisar, planejar e monitorar o serviço, interligando diferentes áreas envolvidas no processo, desde o registro do chamado junto à Central de Atendimento até o encerramento da solicitação.  

As informações dos clientes são digitalizadas e os técnicos de campo trabalham com smartphones de última geração por onde têm acesso às informações para cadastrar um chamado recebido, solicitar o orçamento de uma peça e fechar um pedido, tudo na palma da mão

O uso de aplicativos de mensagens para registar uma solicitação e acompanhar todo o processo com agilidade e segurança também já faz do processo, que ficou mais ágil e eficiente. Link para o chamado pelo whats

Manutenção preditiva

Garantir a disponibilidade do elevador quando as pessoas necessitam dele é o grande desafio de quem trabalha com a área de manutenção. Por isso, a principal inovação nesse segmento é a manutenção preditiva. 

A partir da análise, em tempo real, do funcionamento do elevador e de seus componentes, é possível realizar uma intervenção, antes mesmo que se perceba alguma falha no equipamento.   

Um conceito baseado em IoT e Inteligência artificial que está revolucionando o setor de manutenção. Muitos condomínios já fizeram essa mudança e desfrutam dos benefícios de uma gestão de manutenção dos elevadores digital, mais inteligente e eficaz. 

A área de Serviços é um dos pilares da TKE e responde por cerca de 1,4 milhão de unidades de elevadores e escadas rolantes em manutenção, garantindo a mobilidade de milhares de pessoas no mundo. Conheça nossos planos de manutenção e escolha o que melhor atende às necessidades do seu condomínio.

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>