A rotina das crianças mudou muito, por causa das medidas de prevenção para conter a propagação da Covid-19. Ir à escola para estudar, encontrar os amigos e os professores deixou de ser uma atividade presencial com o surgimento das aulas on-line.  

Com o distanciamento social, as crianças passam mais tempo em casa e, por isso, as brincadeiras em grupo foram substituídas pelos jogos virtuais, séries pelas plataformas de streaming e vídeos que viraram febre como do Tik Tok. Mais do que nunca, os pequenos estão conectados ao celular, inclusive para assistir às aulas.

Por conta disso, a relação com o elevador, para quem mora em condomínio, deixou de ser frequente, mas continua sendo necessária e deve, principalmente, ser segura.

O alerta vale porque é comum, as crianças criarem situações que parecem brincadeira dentro do elevador, como apertar vários botões, chamar o elevador mesmo sem precisar, se esconder do amigo descendo em outro andar para depois fugir pelas escadas, entre outras. 

Faça a Coisa Certa

Para conscientizar as crianças e os pais sobre como usar o elevador de forma correta e segura, a informação é o melhor caminho. Com esse intuito acontece em outubro, mês das crianças, a ação Faça a Coisa Certa.

É a 13ª edição da campanha que pela primeira vez será 100% on-line, para seguir os protocolos de saúde. Assim, as atividades presenciais que tradicionalmente são realizadas em shopping centers, migraram para o digital.  

Neste novo cenário, o destaque da ação é o game Faça a Coisa Certa, que a criança pode baixar no celular ou tablet e está disponível nas versões iOS e Android.  Interativo, o jogo percorre uma torre de testes de elevadores e no caminho até o alto, os pequenos vão recebendo as dicas de segurança num formato lúdico e divertido.

Para os pais interagirem com os filhos em casa também é possível acessar vídeos que ensinam a usar corretamente os equipamentos e o gibi “Super Zero e Segurita em busca da segurança”, disponível para download aqui, no qual os super-heróis da ação ensinam as crianças sobre o que é certo e errado.

Além de reforçar o uso seguro, a campanha deste ano também traz uma abordagem social – Faça a Coisa Certa pela Solidariedade. Duas instituições – Aldeias Infantis SOS e Instituto do Câncer Infantil vão receber 15 mil máscaras cirúrgicas. A doação será feita no mês de outubro e as instituições foram escolhidas pelo trabalho que já realizam juntos às crianças.

Atitudes seguras

O elevador não é lugar para brincar, certo. Mas, as crianças não tem essa percepção e, justamente por isso, podem ficar expostas quando algo inusitado acontece. Como, por exemplo, quando falta energia, e um adulto não está por perto. 

Por isso, seguir as orientações de segurança é o melhor caminho para a prevenção. No caso específico dos elevadores, em algumas cidades, crianças menores de 10 anos só podem usar os equipamentos se estiverem acompanhadas de um adulto, em conformidade com leis municipais. Independente do aspecto legal, algumas orientações são importantes para uma relação segura com o elevador.

São atitudes preventivas que devem fazer parte da rotina, além das novas medidas que passaram a integrar o sobe e desce dos pequenos, por conta dos novos protocolos de saúde. Embarquem nessa aventura conosco. #facaacoisacertapelasolidariedade

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>