Hoje, 31 de maio, é o Dia Mundial Sem Tabaco, data criada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 1987, e que desde então, vem mobilizando pessoas, instituições e entidades no combate ao tabagismo.

Nós apoiamos esta causa e para marcar a data promovemos atividades de conscientização e prevenção ao tabagismo na planta de Guaíba, Rio Grande do Sul. A ação contou com a parceria do SESI-Guaíba e teve como objetivo reforçar junto aos colaboradores, os motivos e os danos causados pelo tabaco.

A iniciativa faz parte do Programa de Prevenção e Tratamento ao Tabagismo, implantado na fábrica desde 2015. O programa disponibiliza acompanhamento ambulatorial para a realização de avaliações e, se necessário, o encaminhamento para especialistas, além do subsídio ao tratamento farmacológico.

Segundo a doutora Liliane Morais, médica do trabalho da fábrica, o programa vem alcançando resultados positivos. “Tivemos a adesão de 40% de nosso público- alvo”, afirma a médica.

A prevenção e o combate ao tabagismo contam com o apoio da diretoria, e o Presidente de Manufatura, Marcelo Nery é um entusiasta do projeto. Por meio desta visão, hoje não é permitido fumar na área industrial da fábrica, mas a partir de 2017, a meta é ter a fabrica 100% livre de tabaco, quando não será permitido fumar em nenhuma dependência da planta.

Considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo, o tabagismo é responsável por cerca de 6 milhões de mortes a cada ano. E o consumo de derivados do tabaco está associado a 90% dos casos de câncer de pulmão diagnosticados.

A nossa corrida é pela vida, por isso, separamos algumas orientações sobre os riscos à saúde que o tabagismo pode provocar.

 

Confira abaixo:

 

  • Doença Pulmonar Crônica – Bronquite e Enfisema (tabagismo é responsável por 85% das mortes)
  • Diversos tipos de câncer como: pulmão, boca, laringe, faringe, esôfago, pâncreas, rim, bexiga, colo de útero, estômago e fígado. (tabagismo é responsável por 30% das mortes)
  • Doença coronária: angina e infarto (tabagismo é responsável por 25% das mortes)
  • Doenças cerebrovasculares: acidente vascular cerebral (tabagismo é 25% das mortes)

 

Fonte: Organização Mundial da Saúde (OMS)

 

Contra o tabaco_Artboard 7 copy 4

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>