São Paulo figura entre as dez cidades mais populosas do mundo, com 12 milhões de habitantes, de acordo com dados do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Para abrigar quem nasceu ou quem escolheu a cidade para viver, a outrora terra da garoa, cresceu desordenadamente e seus arranha-céus foram ocupando a paisagem urbana numa velocidade vertiginosa.

Mas, com olhos atentos, entre tantas construções, podemos perceber aquelas que se destacam pelo projeto arquitetônico que ora nos remete ao passado ora ao futuro, um contraste que é a marca da cidade, em suas múltiplas facetas.

Convidamos você a viajar pela história da cidade, a partir de obras que compõem o skyline da região central de São Paulo e que remetem à sua história e transformação.

SALA SÃO PAULO

Sede da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, a Sala São Paulo é uma das mais importantes casas de concertos do País. Com projeto do arquiteto Nelson Dupré, foi inaugurada em julho de 1999 e reúne soluções inovadoras, como o forro móvel desenvolvido pela thyssenkrupp, que garante uma acústica perfeita, reconhecida internacionalmente. A Sala São Paulo faz parte da Estação Júlio Prestes cujo projeto original de 1925 é do arquiteto Christiano Stockler das Neves.

ptos_sala-sao-paulo-divulgacao sala sp geral - jose cordeiro spturis - pagina 2Fotos: http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/br/o-que-visitar/atrativos/pontos-turisticos/222-sala-sao-paulo


ESTAÇÃO DA LUZ

Uma das mais importantes estações ferroviárias da cidade de São Paulo, a Estação da Luz recebe por dia cerca de 400 mil passageiros que utilizam as redes de transportes sobre trilhos da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos e duas linhas do Metrô. A construção é de 1901 e o projeto da estação é atribuído ao arquiteto inglês Charles Henry Driver, famoso na época por projetar estações ferroviárias. Com linhas neoclássicas, o projeto é referência na paisagem urbana pela torre do relógio, a cobertura em ferro e a gare envidraçada com 40 metros de vão.  A estrutura já sofreu dois incêndios e reformas, uma delas para a instalação do Museu da Língua Portuguesa, destruído pelo fogo em 2014. Em 1982, a construção foi tombada pelo Patrimônio Histórico.

Estação-da-Luztorre-estacao-luzFotos: http://www.estacaodaluz.org.br/fotos-da-esta%C3%A7%C3%A3o-da-luz


PINACOTECA DE SÃO PAULO

Parte do conjunto arquitetônico da região central de São Paulo e vizinha à Estação da Luz, a Pinacoteca é o mais antigo museu de arte de São Paulo. Está instalada no antigo edifício do Liceu de Artes e Ofícios, projetado no final do século XIX pelo escritório do arquiteto Ramos de Azevedo, que depois passou por uma ampla reforma com projeto do arquiteto Paulo Mendes da Rocha no final da década de 1990. A Pinacoteca abriga um dos maiores e representativos acervos de arte brasileira, com quase 10.000 peças.

pina1pina3 Fotos: http://pinacoteca.org.br/a-pina/sobre-a-pinacoteca/


MERCADO MUNICIPAL DE SÃO PAULO

Popularmente conhecido como Mercadão, o Mercado Municipal foi projetado pelo engenheiro Felisberto Ranzini e inaugurado no dia 25 de janeiro de 1933, no aniversário da cidade. Localizado na região do centro antigo de São Paulo, e um importante prédio histórico em estilo neoclássico, cujo projeto impressiona pelos 55 vitrais e a iluminação natural a partir de claraboias. Por dia, o Mercadão movimenta cerca de 350 toneladas de alimentos e recebe, em média, 5ª mil pessoas por semana. Em 2004, a construção passou por uma reforma que incluiu a construção de um mezanino para abrigar restaurantes.

Mercado à Noite Interno_3Fotos: http://www.oportaldomercadao.com.br/index.php?page=galeria-de-fotos

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>