A ThyssenKrupp acaba de lançar uma nova tecnologia que representa a entrada da empresa no setor do transporte publico de massas. O ACCEL é um sistema de transporte exclusivo que oferece alta capacidade de transporte com velocidade para distâncias curtas. Com ele, os passageiros vão ganhar tempo durante sua locomoção pelas cidades e as empresas, como o Metrô, vão ter uma opção, além da construção de novas estações para interligar distâncias curtas (até um 1 km).

Confira o vídeo:

A apresentação do novo produto foi no Centro de Inovação da ThyssenKrupp Elevator em Gijón, Espanha, no dia 22 de outubro, e incluiu uma viagem real no novo sistema.  O presidente mundial da  ThyssenKrupp Elevator AG, Andreas Schierenbeck e o responsável pela área de Investigação e Desenvolvimento da ThyssenKrupp Elevator AG, Patrick Bass estavam presentes. “O ACCEL é a nossa contribuição para ajudar na mudança do tráfego urbano, que é atualmente o objetivo principal das autoridades de transporte nas grandes cidades. Com a redução dos tempos de trânsito nos aeroportos e ao fornecer, tanto para os operadores ferroviários quanto para os aeroportuários, uma solução eficiente em termos de custo, que não exige complexas obras de engenharia ou infraestrutura, o ThyssenKrupp ACCEL satisfaz com sucesso as atuais necessidades das nossas comunidades urbanas em rápido desenvolvimento”, afirmou Schierenbeck, ao comentar as vantagens do ACCEL.

 

Hoje, mais da metade da população mundial vive em cidades e, em 2030, 104 cidades vão abrigar mais de 5 milhões de pessoas, cada uma, segundo dados da ONU. Com a urbanização crescente, o congestionamento de carros nas cidades atinge índices alarmantes como o aumento da poluição, desperdício de tempo e de energia. Pesquisa da ANTP – Associação Nacional de Transportes Públicos, de março de 2010, indica que a média nacional de custo total de deslocamento urbano hipotético de sete quilômetros de extensão, utilizando carro a gasolina é de R$ 5,50. 

 

O crescimento das cidades também sobrecarrega os meios de transporte público. Em São Paulo, o Metrô transporta por dia 4,6 milhões de passageiros e, nos horários de pico, as pessoas chegam a gastar quase 30 minutos só para acessar a estação. Os passageiros também percorrem grandes distâncias entre as estações nas interligações entre as linhas, principalmente nos horários de pico.  

 

Como o novo sistema de transporte funciona?

 

O ThyssenKrupp ACCEL foi desenvolvido para atender a essa lacuna na atual rede de transporte multimodal nas grandes cidades. Com ele, as redes de metrô ficam mais acessíveis, aproximando o metrô de todas as pessoas, inclusive daquelas que até hoje não o utilizam de forma habitual por conta da distância até as estações. A utilização da capacidade de transporte das redes de metrô pode ser maximizada por meio de novos pontos de acesso, ampliando a conectividade da rede. O novo sistema de transporte permite atrair um adicional de até 30% de passageiros para as estações de metrô e pode funcionar como alternativa à construção de mais estações de metrô, reduzindo o impacto em investimentos elevados, demorados e que atrasam a solução dos problemas de tráfego das grandes cidades.

 

 

O ACCEL beneficia também os operadores aeroportuários na melhoria dos tempos de trânsito entre portas de embarque ou entre áreas de estacionamento afastadas do terminal do aeroporto. Sem necessidade de tempo de espera ou de barreiras de acesso, os passageiros precisam de apenas 140 segundos para percorrer uma distância de 270 metros, em lugar dos anteriores 415 segundos, o que representa uma economia de tempo de 66%. Os operadores aeroportuários podem inclusive eliminar operações de ônibus ou de outros sistemas de transporte de passageiros dentro do aeroporto –tipo o trenzinho de aeroporto– para distâncias de até 1,5 km, sistemas de transporte que são complicados de gerenciar e que acarretam custos de operação elevados.

 

O ACCEL pode transportar o mesmo número de passageiros que um sistema totalmente automatizado, transportando até 7.300 passageiros por hora e por direção, combinando, para isso, alta velocidade com os requisitos mais exigentes de segurança no transporte de passageiros. Através do uso de uma faixa de paletas de alumínio sobrepostas, que se expandem até três vezes o tamanho original, a revolucionária tecnologia do ACCEL, que aplica o sistema de motores lineares do trem de levitação magnética TRANSRAPID, garante que os passageiros tenham acesso à esteira, numa velocidade normal de passeio de 0,65m/s (2,35 km/h), acelerem suavemente até dois metros por segundo (7,2 km/h) e voltem a desacelerar atingindo a velocidade normal de passeio na hora de sair do sistema. A velocidade pode atingir de até 3,3 m/s (12 km/h) se o passageiro continuar caminhando em cima da esteira.

 

Além das facilidades de uso, o ACCEL não requer complicados equipamentos de gestão e manutenção, sendo uma solução para preencher o vazio atual no transporte de pessoas em curtas distâncias em cidades e aeroportos. Por isso, é uma alternativa bem completa para os sistemas automatizados de transporte de pessoas para distancias de até 1,5 km.

 

O ACCEL foi desenvolvido pelo Centro de I&D da ThyssenKrupp Elevator, com o apoio do projeto Transrapid da ThyssenKrupp e dos fornecedores principais, tais como o ProDrive, a Technotion e o Bechhoff.  

 

Dados Técnicos:

Velocidade – até 2 metros por segundo (7,2 km/h)

Capacidade – 7.300 passageiros/ hora por sentido

Comprimento – módulos de 100-500 metros

Largura Pallet – 1200 milímetros

Largura total – 2400 milímetros 

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>