green_nation_tke

 O crescimento dos grandes centros urbanos e suas consequências para o meio ambiente é um dos temas da segunda edição do Green Nation Fest, que acontece entre 6 e 14 de setembro, no Rio de Janeiro. O festival interativo tem atrações que estimulam o público visitante a contribuir de forma sustentável por um mundo melhor.

A necessidade de uma urbanização sustentável é inevitável para aqueles que vivem ou visitam grandes metrópoles. De acordo com o Levantamento de Urbanização Global das Nações Unidas, em 2014, 54% da população global (aproximadamente 3,9 bilhões de pessoas) vive em cidades, sendo que 28 delas são consideradas “megacidades”, com mais de 10 milhões de habitantes.  O custo e eficácia de edifícios, automóveis e ruas sustentáveis ??dependem em grande parte de planejamento integrado, que envolve todas as áreas de serviço, desde a construção, passando pelo design e a manutenção da vida útil de um produto. Isto representa um desafio e uma oportunidade para a ThyssenKrupp para oferecer produtos e serviços que atendam a demanda por “mais” (mais mobilidade, comunicação e bens de consumo) por meio de um “caminho melhor” – principalmente no que diz respeito ao seu impacto ambiental.

 

Atualmente, a ThyssenKrupp desenvolve diversas soluções de baixo impacto ambiental em todas as suas áreas de negócio. Entre elas destacam-se o sistema regenerativo de energia da ThyssenKrupp Elevadores, um tecnologia capaz de reduzir até 30% do consumo de energia de um elevador em edifícios. Com ele, o prédio recebe parte da energia devolvida pelo motor de tração do elevador. Outro produto desenvolvido para tornar o ciclo do elevador mais sustentável é a corrediça verde, que não utiliza óleo para reduzir o atrito resultante do contato com as guias. O Edifício Eldorado Business Tower, por exemplo, em São Paulo, possui elevadores e escadas rolantes da ThyssenKrupp com alta eficiência energética que contribuíram para torná-lo a primeira construção com a certificação Green Building, categoria Platinum, pelo sistema

LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) na América Latina.

 

 

No setor de autopeças, a ThyssenKrupp vai começar a fabricar no Brasil, a partir do ano que vem, o eixo de comando de válvula diretamente integrado na tampa do cabeçote do cilindro do motor. Esta integração representa uma redução de até 30% no peso do conjunto de componentes, além de ter uma montagem mais simples e eficiente para as montadoras. Mais leve e com melhores condições de lubrificação, o motor diminui o consumo de combustível, reduzindo as emissões de gás carbônico na atmosfera. Engajada também na eletromobilidade, a  ThyssenKrupp ajudou na construção do carro solar de última geração – o Power-Core SunCruiser -, cujo motor foi fabricado com chapa elétrica da ThyssenKrupp, um aço magnético que permite transmissão de energia altamente eficiente.z

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>