A expertise da thyssenkrupp contribuiu com o projeto de ampliação da linha 4 do Metrô do Rio de Janeiro. Maior legado em transporte por trilhos da Cidade Maravilhosa, a obra conta com 142 equipamentos de alto desempenho da marca, entre elevadores, escadas e esteiras rolantes.

Iniciada em 2010, a extensão de 16 quilômetros liga os bairros Barra da Tijuca à Ipanema em apenas 13 minutos e, da Barra ao Centro, em 34 minutos. A obra compreende seis estações: Jardim Oceânico, São Conrado, Antero de Quental, Jardim de Alah, Nossa Senhora da Paz e Gávea (ainda em execução), além da estação General Osório que foi ampliada para conectar a linha 1 à linha 4.

Para auxiliar no deslocamento de mais de 300 mil pessoas que passarão por dia pela linha 4, foram  especificadas as mais modernas tecnologias da thyssenkrupp para mobilidade urbana.

“As tecnologias que desenvolvemos para o transporte de passageiros estão presentes em projetos para o metrô em diferentes cidades do mundo. Particularmente, a obra do Metrô do Rio é um marco por proporcionar o acesso da população ao que há de mais moderno para a mobilidade urbana”, afirma Sérgio Viegas, Diretor de Serviços da área de negócios Elevator Technology da thyssenkrupp para o Brasil.

Metr+¦ Rio- Esteira rolante_thyssenkrupp

A fim de vencer os longos corredores e facilitar o acesso às estações, foram instaladas dez esteiras rolantes de alto desempenho, as primeiras do Metrô do Rio. Na Estação São Conrado foram instaladas  quatro esteiras e no Acesso Lagoa, em Ipanema, mais seis capazes de transportar 7.300 pessoas por hora. Com aproximadamente 70 metros cada, as esteiras levam os passageiros até as plataformas de embarque de forma rápida e segura. Um percurso de 860 metros, por exemplo, pode ser feito em apenas 7 minutos.

E para amenizar as dificuldades de acesso entre sistemas de transporte distintos, como metrô e ônibus, também foram instalados elevadores para interligar a estação Jardim Oceânico ao BRT- Transporte Rápido por Ônibus, facilitando o deslocamento dos passageiros que precisam fazer integração.

Metr+¦ Rio  -      Esteira rolante_thyssenkrupp

Outro aspecto da obra que exigiu esforço das equipes da thyssenkrupp foi a profundidade das estações, que chegam a ter 50 metros. Para acessar as plataformas, foram instaladas escadas rolantes de até 26 metros, contribuindo para agilizar o embarque e desembarque das pessoas.

Para a realização do trabalho foi aproximadamente um ano e meio de obra com o envolvimento de duas equipes de profissionais. Dentre os principais desafios está a logística para o transporte das escadas rolantes na obra, pois os equipamentos demandam maior espaço para alcançar o local de instalação.

Metr+¦ Rio - Elevado 2_thyssenkrupp

Metr+¦ Rio- Esteira rolante_thyssenkrupp

Metr+¦ Rio - Esteira rolante_thyssenkrupp

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>