A busca por práticas sustentáveis que garantam a preservação ambiental e a promoção do desenvolvimento sustentável da sociedade, bem como o futuro do planeta, já é realidade entre muitas corporações no Brasil.

A thyssenkrupp Elevadores não fica de fora deste time. Comprometida com a gestão sustentável, a planta de Guaíba, no Rio Grande do Sul, desenvolveu, a partir de 2009, um Programa de Eficiência Sustentável que engloba todos os níveis do processo produtivo, desde a escolha dos fornecedores, passando pela revisão do consumo de gases e combustíveis, economia de energia e água, até reciclagem dos resíduos, consumo de papel, entre outras práticas.

O programa foi a base para a empresa conquistar a ISO 14001 (2009) e ISO 14064 (2010), tornando-se a primeira empresa do setor a neutralizar as emissões de CO2 na planta.

A sistematização dos processos sustentáveis na unidade fabril conta com o apoio de colaboradores voluntários, organizados em quatro grupos (GLP, Água, Resíduos, Energia Elétrica), sendo que 21 deles são participantes diretos em reuniões e ações, e os demais participam indiretamente.

Segundo, Jéssica Figueira Viegas, Analista de Programas de Qualidade na fábrica da thyssenkrupp, desde que o projeto de sustentabilidade foi implantado, as iniciativas pautadas pelo programa têm sido bem sucedidas.

Entre elas, destaca-se o desenvolvimento de mais de 30 ações com o intuito de diagnosticar o consumo de água, que era alto, com o objetivo de reduzi-lo pela metade. As ações deram resultado: em um ano, entre agosto de 2016 e agosto de 2017, a fábrica reduziu o consumo quase pela metade, passando de 26.063 m³ para 15.504 m³.

globinho

Além do projeto de redução de consumo de água, a empresa adquiriu um equipamento de caça-vazamento que proporciona uma ação preventiva, mais rápida e eficaz para complementar o monitoramento diário do consumo.

A empresa também fomenta outras práticas sustentáveis que contam com o engajamento dos colaboradores. Entre elas, o reaproveitamento de resíduos de madeira para o travamento das cargas, que em três meses possibilitou reaproveitar mais de 20 toneladas de madeira, além da redução do custo e compra. “Temos também as ações de logística interna que reduziu a velocidade das empilhadeiras para 8 Km/h e a  redução no deslocamento de empilhadeiras na planta com a utilização de rebocadores”, complementa Jéssica.

Buscando sensibilizar ainda mais seus colaboradores, a thyssenkrupp acaba de lançar a “Cartilha Ambiental Nosso Amanhã”, material de conscientização sobre o desperdício de recursos naturais, que ainda traz informações quanto ao histórico de iniciativas e requisitos desenvolvidos pela empresa a respeito do meio ambiente. Entre elas, o Sistema de Gestão Ambiental (certificação ISO 14001), Inventário de emissão de CO² (certificação ISO14064), Licença de Operação; concedida pela FEPAM, Certificado Federal; concedido pelo IBAMA, além do desenvolvimento de orientações para a coleta seletiva e tipos de resíduos gerados nos processos de produção e sua destinação.

“Na fábrica, a distribuição ocorrerá através de promoções internas e durante a integração de novos funcionários. Queremos que nossos colaboradores inspirem-se em nossa política ambiental que busca desenvolver, comercializar e produzir os melhores produtos e serviços com tecnologia mundial, comprometendo-se com a melhoria continua de nossos processos”, afirma Jéssica. Os três pilares da cartilha são: Prevenção da poluição e controle dos impactos adversos ao meio ambiente, Atender aos requisitos legais aplicáveis e outros subscritos e Assegurar os recursos necessários para alcançar a melhoria continua do Sistema de Gestão Ambiental.

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>