Entrar no elevador e em um minuto atingir o topo do edifício no 102º andar. É assim que os visitantes do One World Trade Center, em Nova York, nos Estados Unidos, fazem a viagem pelos 381 metros de altura até o observatório no último andar, o One World Observatory, onde é possível ver a cidade por um ângulo de 360º.

O local oferece ao visitante diversas opções de atrações interativas, além de lojas e restaurantes. Mas o que impressiona é o incrível observatório de 360º, considerado um dos melhores lugares para ver a cidade do alto. Lá se consegue visualizar toda a Ilha de Manhattan, cada região de Nova York, por meio da orientação de pontos cardeais marcados no chão, e a Estátua da Liberdade, aliás é o único observatório com visão para o monumento.

Mas antes de chegar lá, a subida pelo elevador já é um passeio muito interessante, pelo fato do passageiro visualizar o crescimento e desenvolvimento da cidade. No rápido trajeto, as paredes da cabina do elevador ultramoderno, conhecido como Sky Pod, compostas por imensas telas de LED de alta qualidade, ganham vida e exibem imagens históricas da evolução de Nova York.

O vídeo começa com uma antiga Ilha de Manhattan coberta por vegetação, o tempo vai passando e dando lugar aos enormes prédios da atualidade.

Vídeo créditos: Fox5NY Channel.

Ícone em inovação

Durante o trajeto pelo elevador, ao assistir esse pequeno filme, os passageiros nem imaginam a tecnologia por trás do equipamento, que percorre 102 andares em apenas um minuto, sem oscilação na cabina e com toda a segurança e conforto.

Para atender as necessidades específicas do projeto, especialistas das áreas de engenharia da thyssenkrupp Elevadores dos Estados Unidos, Brasil, Canadá, China, Alemanha, Itália, Coreia do Sul e Suíça desenvolveram soluções personalizadas para os elevadores.

Entre as tecnologias inovadoras da empresa empregadas no projeto estão:

active roller guide, que reduz as oscilações da cabina em prédios altos, proporcionando movimentações confortáveis aos passageiros;

– carenagem de alumínio aerodinâmico, semelhante ao spoiler – ou asa – de um carro de corrida, que desvia o ar e aumenta a aerodinâmica dos elevadores;

– amortecimento acústico ao longo das cabinas e portas, projetado para limitar o ruído;

– sistema regenerativo de energia, o prédio recebe de volta a energia consumida pelos elevadores, possibilitando alimentar todo o sistema de iluminação;

– antecipação de destino e chamada, por meio de softwares são agrupadas no mesmo elevador as pessoas que vão para o mesmo andar ou próximos, proporcionando deslocamentos mais rápidos.

Além do Ski Pod, o One World Trade Center conta ainda com outros 70 elevadores e 12 escadas rolantes da thyssenkrupp.

Assista ao vídeo sobre o desenvolvimento do projeto:

Vídeo créditos: thyssenkrupp Elevator channel.

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>