Conheça a modernização do Banco do Brasil de Novo Hamburgo. As pessoas que circulam diariamente pela agência do Banco do Brasil de Novo Hamburgo (RS), ao redor de 300, já estão sentido os benefícios da modernização efetuada nos elevadores do edifício, que proporcionam um fluxo mais eficiente de atendimento à população.

“Instalados na década de 80, os elevadores anteriores sofriam panes constantes devido aos desgastes do tempo, o que resultava em paradas do equipamento, prejudicando assim, o deslocamento das pessoas”, é o que relata Evandro Bolli Mota, assessor de engenharia do Banco do Brasil.

Para aumentar a eficiência dos equipamentos que atendem quatro paradas, os antigos quadros de comando à relé foram substituídos por modelos microprocessados, que controlam todo o movimento do elevador com acelerações e paradas precisas. As máquinas de tração também foram substituídas por modelos Gearless, sem engrenagem, que agregam alto desempenho técnico, baixo índice de ruído e menor consumo de energia elétrica para o edifício, da ordem de 35%.

Além de melhorar a performance, a modernização efetuada pela thyssenkrupp, contemplou a adaptação dos elevadores às normas de acessibilidade que regem os órgãos públicos, como é o caso do Banco do Brasil.

Para atender às exigências previstas na Norma Técnica NBR NM 313:2008, foram instaladas cabinas com dimensões adequadas para o acesso de passageiros cadeirantes. O acabamento dos elevadores também passou por um processo de modernização e as novas cabinas possuem Botoeira de pavimento com sinalização sonora e identificação em braile, além de revestimento com design exclusivo em aço inoxidável.

“A modernização dos elevadores proporcionou maior qualidade e confiabilidade ao sistema. Tanto os funcionários do Banco do Brasil, como seus clientes estão satisfeitos e sentindo-se mais seguros com a utilização dos novos equipamentos”, afirma Mota, evidenciando sua satisfação com os serviços prestados pela thyssenkrupp.

Foto legenda -Máquina_depois Banco do Brasil

A atualização tecnológica dos elevadores do Banco do Brasil incluiu as Máquinas sem Engrenagem com ímãs permanentes, um dos produtos mais eficientes para a economia de energia dos elevadores

 

Quadro de comando_depois Banco do Brasil

A substituição dos quadros de comando à relé pelo modelo Frequencedyne garantiu viagens mais confortáveis e seguras com redução de 35% no consumo de energia com os elevadores

pavimento depois

A modernização das cabinas com a aplicação de Botoeira de pavimento com sinalização sonora e identificação em braile tornou o elevador um ambiente mais agradável e acessível a todos

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>