O Presidente de Manufatura da área de negócios Elevator Technology da thyssenkrupp para o Brasil, Marcelo Nery, foi eleito Engenheiro do Ano na área privada pela Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul.

Em sua 31ª edição, a láurea é conferida anualmente aos profissionais de engenharia gaúcha que se destacaram por sua atuação. A solenidade de entrega será hoje, dia 10 de dezembro, na sede da SERGS, em Porto Alegre (RS).

Formado em engenharia mecânica pela Unisinos – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, de São Leopoldo, Marcelo Nery construiu sua carreira na thyssenkrupp onde atua há quase 30 anos.

Começou como estagiário em 1986, na antiga Elevadores Sûr, e teve uma trajetória diversificada, atuando em diferentes áreas de negócios até assumir, em dezembro de 2013, a Presidência de Manufatura.

Dentre as conquistas profissionais, ele destaca a oportunidade de desenvolver um trabalho mundial a partir da globalização da cadeia de suprimentos da empresa com os mercados da China e da Europa. Também lembra com satisfação a experiência na área de engenharia de produtos para o desenvolvimento das corrediças ativas, solução tecnológica desenvolvida em Guaíba (RS) e que hoje integra elevadores de prédios emblemáticos, como a nova torre One World Trade Center de Nova York (EUA).

Seu perfil passa longe do executivo tradicional que trabalha atrás de uma mesa. Gosta de estar sempre junto dos funcionários e, o chão de fábrica é o local onde ele passa a maior parte do seu dia, acompanhando de perto o ritmo da produção. Com uma carreira sólida e de sucesso, o que o fascina é a possibilidade de transformar as organizações, buscando atender às necessidades das pessoas e da comunidade.

Obstinado pelo que faz, Nery acredita que os jovens que estão

começando a carreira vão ter que se preparar mais. “O jovem precisa buscar conhecimento, que é diferente da informação que podemos conseguir no Google com um clique. O conhecimento que eu falo é o pautado pela indagação, o questionamento. Perguntar,questionar faz a diferença para entender o processo. Como também ser obstinado, no sentido de ter um objetivo, uma meta e não medir esforços para alcançá-la, ter coerência e crítica construtiva”, avalia.

No seu caso, é obstinado por qualidade, segurança e sustentabilidade três princípios que pautam a sua gestão à frente da fábrica de elevadores da thyssenkrupp.Marcelo Nery, Presidente da thyssenkrupp

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>