Com o propósito de aumentar o atendimento de serviços de saúde de qualidade, a Benemérita Sociedade Portuguesa Beneficente do Pará está construindo um novo hospital. O São João de Deus, que ficará pronto em   2020, se juntará ao histórico Dom Luiz I e juntos se consolidarão como o maior complexo hospitalar filantrópico da região Norte do país.

A instituição planeja que o novo hospital seja um centro especializado de saúde integrada, com atendimento desde urgências e emergências, até cirurgias de alta complexidade. Assim contará com clínicas, consultórios, áreas de internação e UTI e centros de diagnósticos por imagens e de análises clínicas.

Para proporcionar a melhor mobilidade aos pacientes, visitantes, funcionários e equipes de saúde nos vários espaços do São João de Deus, o novo centro de saúde contará com os elevadores da thyssenkrupp. Ao todo serão 17 equipamentos, dos quais cinco vão atender o público do bloco de diagnósticos, dez estarão no bloco hospitalar e dois no bloco clínico.

Inovação e tecnologia

Primeiramente serão instalados 13 equipamentos. Todos eles terão a cabina no modelo New Export, que possui design clean e moderno, com linhas retas e sem curvas nos cantos, ampliando o espaço interno, e iluminação por LED. Seis deles têm as características de elevadores para transporte de leitos, já que terão dimensões maiores do que a norma técnica exige.

Outro diferencial dos elevadores do novo hospital é o sistema AGILE gestão de elevadores, que possibilita monitorar o funcionamento dos equipamentos, além de programar a operação dos elevadores para áreas específicas de acordo com os horários de maior fluxo.

 

165 anos em prol da saúde

Fundada em 1854, a Benemérita Sociedade Portuguesa Beneficente do Pará, localizada em Belém, será considerada a maior instituição filantrópica do Norte do Brasil, a partir de 2020, com aproximadamente 700 leitos. Durante esse tempo de existência, a instituição busca se atualizar nas modernas tecnologias do segmento e nos processos de inovação da medicina e saúde. Atualmente, seu atendimento é 60% voltado aos pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) e o restante de convênios e associados.

A instituição planeja que o novo hospital seja um centro especializado de saúde integrada.

A instituição planeja que o novo hospital seja um centro especializado de saúde integrada.

 

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>