Um alçapão abrindo e do piso surgindo um elevador. Quem está dentro pode experimentar a sensação de ser projetado para fora do edifício e visualizar a amplitude da cidade e do céu logo acima.

Não se trata da cena de um filme futurista, mas sim do elevador hidráulico de heliponto da thyssenkrupp Elevadores que já existe e, por suas características diferenciadas, é carinhosamente chamado de elevador do ‘Batman’, uma referência ao super-herói e suas máquinas poderosas.

Considerado um elevador especial, esse tipo de equipamento surgiu a partir da demanda de projetos arquitetônicos de edifícios com pistas de pouso para helicópteros. Sua finalidade é transportar com mais conforto e segurança os passageiros dessas aeronaves desde o interior do prédio até o heliponto e vice-versa.

batman-blog-gif

Para você entender melhor, o elevador se projeta para cima, ultrapassando a laje, e se abre automaticamente, a partir de uma porta tipo alçapão na área do heliponto, como uma cápsula futurista.

Pistão, cabos e polia

Não é só sua aparência que é diferente, mas também toda a sua estrutura. Ao invés dos sistemas de tração, com engrenagens e cabos como nos elevadores tradicionais, ele funciona por meio de um cilindro hidráulico, posicionado na lateral da cabina. A movimentação do equipamento é por meio da tração do pistão, que impulsiona os cabos de aço e a polia.

Para que o sobe e desce seja possível, o projeto do edifício deve prever um poço específico para o elevador do Batman. A profundidade mínima deve ter 2,60 metros. Isso é necessário, pois toda a sustentação do equipamento é feita pela base da estrutura da cabina.

Vale ressaltar, que o elevador hidráulico de heliponto tem seu dimensionamento em consonância com as normas da ABNT NM 267, NM 207 e ASME A17.

Engenharia de precisão

A instalação desse tipo de elevador é semelhante a de outros equipamentos com sistema de tração hidráulico. Mas, durante a montagem, a equipe de engenharia precisa ter uma atuação precisa. A atenção é para garantir que a cabina fique estável durante a abertura do alçapão; além de chegar nivelada à cobertura. O mesmo acontece com relação à vedação da cabina, para evitar a entrada de água pelo alçapão. Por isso, em média, são necessários 60 dias para instalar esse tipo de elevador.

Projetos no Brasil

O primeiro elevador do ‘Batman’ foi instalado em São Paulo há 17 anos. Na época, foi importado da thyssenkrupp dos Estados Unidos. Depois disso, a empresa já instalou mais 15 no Brasil, todos fabricados no país.

Na engenharia, os sonhos projetados lá atrás vão tomando forma, criando e interferindo na identidade de um local e nas pessoas impactadas. Mas, assim como qualquer campo, a engenharia é cheia de desafios. Nessa série, você vai acompanhar alguns desses. Confira os episódios anteriores aqui.

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>