O ano de 2020 já está batendo na porta. E o que virá com ele em termos de inovação e novas tecnologias para as indústrias?

É difícil prever, mas na área de mobilidade urbana, os engenheiros da thyssenkrupp elencaram as tendências desse segmento para o próximo ano.

Um olhar diferenciado de quem desenvolve novas tecnologias e está acostumado a se preparar para o futuro.

Skybridges

O uso crescente das chamadas skybridges deixará de ser apenas um recurso arquitetônico para fazer a conexão entre dois edifícios em alturas elevadas. Essas passarelas entre os arranha-céus ganharão funcionalidades e se tornarão espaços de convivência para a realização de eventos com bar e restaurante, por exemplo. Um projeto sobre skybridges será publicado no Guia Técnico do Conselho sobre Edifícios e Habitat Urbano (CTBUH), em 2020.

MULTI

Primeiro elevador sem cabos do mundo, MULTI será um dos destaques da Expo 2020, que acontecerá em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Premiado como uma das maiores inovações dos últimos anos, MULTI é o futuro da mobilidade urbana ao proporcionar novos projetos arquitetônicos para as cidades, a partir de um sistema que se move para cima e para os lados, com motores lineares e cabinas que se deslocam em um único eivo, independentemente, como um sistema de metrô.

Inteligência artificial

O tempo de espera para o elevador passar por uma manutenção é  coisa do passado. Baseado em inteligência artificial, O MAX, solução de manutenção preditiva, reduz o tempo de inatividade do elevador ao detectar possíveis falhas antes que elas provoquem a paralisação do elevador. Para 2020, essa tecnologia se tornará ainda mais avançada, com melhores métodos de aprendizado. A partir do machine learning o algoritmo do MAX vai saber por que uma falha ocorreu e qual foi a causa. A partir dessa análise, a engenharia pode melhorar o produto.

 Interface com robôs

Uma nova interface do robô com o elevador já permite serviços de entrega automatizados dentro dos edifícios. Ou seja, o robô já consegue se comunicar com o elevador e se mover livremente. Funciona da seguinte forma: o robô indica o andar para o qual deseja ir e o elevador se move. A tecnologia beneficia hotéis, hospitais e empresas de diferentes setores. No Centro de Inovação da thyssenkrupp em Gijón, na Espanha, também está em testes o uso de veículos autônomos, que no futuro levarão as peças de reposição aos técnicos de manutenção.

Reposição de peças

Os sistemas inteligentes também estão no dia a dia dos técnicos de manutenção. A análise de big data, por exemplo, identifica componentes que os técnicos vão precisar durante o dia ou toda a semana. Desta forma, é possível deixar tudo à mão para quando precisarem substituir as peças com defeitos e, o melhor, sem espera.

Energia reutilizada

Reduzir o consumo de energia é uma necessidade cada vez maior para o futuro das cidades. E o elevador pode contribuir para os edifícios atingirem essa meta, a partir de soluções inovadoras. Uma delas é o sistema regenerativo de energia, que devolve parte da energia usada pelo elevador para o edifício. Entre as novidades que virão em breve, está a redução de até 60% no consumo de energia, por meio do sistema regenerativo.

Mais eficiência nos aeroportos

Em 2020, um sistema de controle remoto, lançado recentemente, vai permitir que os aeroportos controlem suas pontes de embarque de passageiros com mais rapidez e eficiência. Equipado com câmeras, a novidade oferece ao operador um campo de visão ampliado ao atracar e desencaixar remotamente as pontes de embarque. Antes dessa solução, era necessário mover as pontes manualmente em cada portão de embarque.

Facilidade na caminhada

Esteiras rolantes inovadoras vão ajudar nos descolamentos das pessoas pelas ruas e interligá-las a pontos que desejam ir, como, por exemplo, um terminal de ônibus e uma estação de trem ou aeroporto. Essas passarelas não exigem um poço; podem ser instalados em qualquer lugar, temporária ou permanentemente, horizontalmente ou inclinada; e são ideais para equipar as cidades com sistemas de transporte de pedestres contínuos e sustentáveis.

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>