Na corrida pelo coração dos brasileiros, os cachorros ocupam a primeira posição, seguidos pelos gatos de estimação. De acordo com o último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população de cachorros em domicílios é de 52,2 milhões e a de felinos somam 22,1 milhões.

Para quem mora em condomínio, a convivência diária com os bichinhos em áreas comuns, incluindo os elevadores, merece atenção especial. O mesmo acontece em locais onde a circulação dos animais é permitida e o acesso é feito por escadas ou esteiras rolantes, como shopping centers.

Como não existirem leis específicas que visam o transporte correto dos pets nestes locais, a adoção de medidas seguras é essencial para se ter uma boa convivência e manter os bichinhos protegidos.
Por isso, chamamos sua atenção para as dicas e orientações que elaboramos, sempre visando a segurança de quem transportamos, inclusive a dos animais. Lembrando que o regulamento interno do condomínio e dos locais que permitem a circulação de pets deve ser sempre respeitado.

pets e elevadores - criança

Pets seguros

  • Quando estiver acompanhado de seu pet opte sempre pelo elevador que é usado para serviços como transportar mudanças, entre outros;
  • Animais de pequeno e médio porte devem ser carregados no colo tanto em elevadores quanto em escadas e esteiras rolantes;
  • Caso o pet seja de grande porte e carregá-lo não seja uma opção confortável, segure firme a coleira a fim de evitar que o objeto prenda no elevador;
  • Atenção também para o fechamento das portas. Certifique-se de que o animal não ficou para trás ao entrar no elevador;
  • O uso de focinheira deve ser respeitado conforme a legislação local;
  • Atenção redobrada também com a higiene, caso o seu animal faça necessidades fora de lugar.

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>