A thyssenkrupp acaba de inaugurar o primeiro centro de distribuição inteligente de peças de reposição para manutenção e reparos de elevadores. Instalado em Madri, Espanha, e com recursos de última geração, o novo espaço vai possibilitar a redução de 20% do tempo de espera para peças de reposição de elevadores, bem como a economiza de 10% de todas as viagens realizadas por técnicos de Serviço.

Por meio de serviços de Smart Data, o centro tecnológico terá recursos para agilizar a logística, realizando os mesmos processos em menos tempo em comparação com os métodos tradicionais, devido à análise e processamento das informações. Desta forma, poderá garantir a disponibilidade total de todas as peças de reposição que os técnicos precisam.

Com essa nova estrutura de combinação de dados inteligentes com a logística, a thyssenkrupp oferece uma solução simples e eficaz para minimizar o tempo de inatividade de elevadores, garantindo disponibilidade 24 horas por dia de peças de reposição e otimizando as viagens feitas pelos técnicos.

Sincronizado com o MAX

Como parte da proposta de acelerar o processo de pedido de peças de reposição, o sistema de armazenamento inteligente será conectado ao MAX, a solução de manutenção preditiva da thyssenkrupp Elevator, que já está instalada em 120 mil elevadores em todo o mundo.

Por conta da visibilidade total das peças de reposição oferecidas pelo MAX, as informações serão salvas e analisadas e, posteriormente, enviadas para solicitações no armazém inteligente. Com a sincronização do armazenamento com o MAX, os operadores vão saber antecipadamente quais peças são necessárias para o reparo, garantindo maior rapidez no atendimento aos clientes.

Ambientalmente responsável

O novo espaço também tem impacto ambiental, uma vez que a empresa reduzirá o número de viagens para o transporte de componentes. A economia será de 64 toneladas de CO2 que deixarão de ser emitidas pela frota de carros. Outro diferencial será a substituição de todas as embalagens dos componentes por materiais recicláveis.

Com um investimento de 3,5 milhões de euros, o centro de distribuição em Madri tem uma área total de mais de 6.800 metros quadrados; possui até 9.800 peças e componentes diferentes para serviços de manutenção; e capacidade para atender mais de 1,4 milhão de pedidos por ano, um acréscimo de 400% na comparação com o local de armazenamento anterior.

O projeto foi montado com a intenção de se tornar a base central de peças de reposição da empresa para atender os clientes da Espanha, Portugal e Itália. Como parte da estratégia global da thyssenkrupp, novos centros de distribuição inteligentes serão inaugurados em importantes centros de distribuição do todo o mundo, como Memphis, nos Estados Unidos; Neuhausen, na Suiça; Porto Alegre, no Brasil; e Xangai, na China.

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>